#39 – Siglas e Abreviações

siglas
O mercado financeiro está cercado por varias siglas e abreviações, e muitas pessoas não sabem o que elas significam, e na coluna de hoje vamos explicar algumas delas.

Para mensurar a inflação em nosso país o governo por meio do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) utiliza o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) esse índice traz o resultado de um calculo que avalia o valor de cada produto ou serviço que faz parte das despesas de uma família com renda de 1 à 40 salários mínimos.

A instituição Getúlio Vargas elaborou outro índice para calcular a inflação o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) esse índice é bastante utilizado para fazer o reajuste da tarifa de energia elétrica e do aluguel.

Na área dos juros o Brasil possui a Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia). O Banco Central é a instituição responsável pela taxa. Em reuniões que acontecem de 40 em 40 dias, o Banco Central avalia a taxa básica de juros observando a necessidade de ser feito alguma alteração ou a manutenção da mesma.

Outra sigla muito comentada é o CDI (Certificado de Depósito Interbancário) essa taxa é utilizada como remuneração para as transferências que os bancos fazem entre si. O CDI tem a tendência natural de acompanhar de perto a taxa Selic, sendo uma das principais referencias no mercado de renda fixa, tanto para fundos de investimentos, CDBs, e letras de credito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s